Como abrir a sua própria barbearia.

Como abrir a sua própria barbearia.

No post a seguir você vai conferir tudo que você precisa saber para começar a montar o seu negócio.

Nas últimas décadas, as barbas passaram a ser foco de olhares e sucesso! O fato é que hoje em dia, para muitos homens, é muito comum ter uma barba arrumada, adotando a aparência mais moderna. Empreendedores relacionados à estética masculina perceberam essa tendência e viram que hoje é uma grande oportunidade. Se você é um deles e deseja saber como montar uma barbearia, este artigo é para você.

Montar uma barbearia é empreender de maneira diferenciada no mercado, neste artigo você vai descobrir tudo que precisa saber para montar uma barbearia de sucesso.

O mercado da estética masculina está crescendo.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira das Indústrias de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosmética (ABIHPEC) em 2015, 83% dos homens acreditam que as preocupações com a aparência não são exclusivas das mulheres.

Tanto que 53% dos entrevistados foram à barbearia e prestaram atenção em outros aspectos além do corte de cabelo. Um dos fatores que despertou a expressão do interesse masculino é a popularidade de especialistas e madeireiros, ou estilo marido de madeira, que é bem conhecido. Essas duas silhuetas são famosas por cultivar e cuidar de uma barba grande.

Nesse período, as vendas de cosméticos masculinos cresceram 2,4%, atingindo um total de 43 bilhões de produtos no Brasil. Segundo especialistas, mesmo em 2019, o Brasil pode se tornar o maior mercado consumidor de produtos de beleza masculinos.

Confira a seguir os 5 passos que você precisa saber para montar uma barbearia:

  • Conheça o seu público.

Uma barbearia é um negócio semelhante a um salão de beleza, mas o objetivo é atender especificamente um público masculino. Os homens têm características diferentes e precisam ser satisfeitos.

Empreendedorismo requer que um empreendedor entenda seu segmento de mercado. Portanto, o primeiro passo é estudar o tipo de negócio e suas possibilidades. Esta ação ajudará a definir o serviço a ser prestado, o modelo de serviço e muitos outros fatores.

  • Tente se integrar desse mercado.

O mercado é composto por pessoas que podem usar o serviço. No que diz respeito à barbearia, são homens de diferentes idades, interesses, status socioeconômico etc.

Esta informação acabou por estabelecer uma visão geral muito abrangente. Isso pode causar danos à empresa, porque é impossível desenvolver serviços, formular ações ou realizar atividades de marketing de maneira direcionada. Portanto, os concorrentes que atendem às suas necessidades têm maior probabilidade de perder clientes.

O empreendedor deve entender o potencial de mercado da área em que deseja se instalar e desenvolver um serviço que possa atender grupos mais específicos.

Se o público geralmente sai do trabalho tarde e esse é o tempo que eles usam para resolver problemas pessoais, faz mais sentido ter uma barbearia com horário de expediente prolongado. Além disso, é necessário estudar a concorrência para entender as oportunidades e os riscos que as empresas enfrentarão.

  • Se localize bem!

A localização da barbearia revela uma visão geral dos clientes que você está prestes a receber. Esse fator também afetará outros aspectos, como o preço do serviço, a conveniência do acesso, a conveniência, a visibilidade etc.

Os preços dos aluguéis costumam variar de uma comunidade para outra. As áreas de luxo têm linhas convenientes de ônibus e metrô, e uma variedade de lojas e serviços costumam ser mais caros. Por outro lado, aqueles que estão mais distantes e têm menos tráfego acabam dificultando o acesso, limitando seu uso aos clientes da região.

Da mesma forma, quanto mais longe o ponto ou mais oculto, menos visível ele será. Por exemplo, isso aumentará os custos de publicidade e marketing.

A conveniência é um fator que pode ser adicionado ao valor do serviço. Organizações com vagas de estacionamento eliminam as preocupações dos clientes sobre como chegar lá. Quantas barbearias existem? Este é outro ponto importante. A concorrência é saudável, mas a concorrência excessiva pode ser prejudicial para as empresas.

  • Esteja atento as burocracias legais de abrir um negócio.

Para iniciar um negócio, certas condições precisam ser atendidas. Primeiro, consulte o endereço do município para verificar se a atividade está em conformidade com as leis de zoneamento da área. Você também deve verificar a regularização de atributos.

Ao abrir uma empresa menor, o mais comum é formar uma empresa limitada, pois possui regras e procedimentos mais simples e mantém seus parceiros. Geralmente, quando o empresário escolhe o tipo de empresa, ele também define o nome da empresa.

Após tomar uma decisão, você deve procurar o escritório de registro de empresas da cidade ou o escritório de registro de entidades legais para descobrir o registro do nome.

Nesse local, o empreendedor saberá se existe uma empresa com o mesmo nome da empresa que ele escolhe. Em algumas cidades, a consulta pode ser feita via Internet. Além disso, você deve verificar se o nome ou marca definida foi patenteado no Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI).

Esteja atento (a) aos documentos que devem ser apresentados na Junta Comercial.

Um contrato social é um documento que informa a composição societária da empresa, sua forma legal e objetivos de negócios, obrigações e direitos dos parceiros etc.

Os estatutos da empresa devem incluir a assinatura do parceiro, mas não há necessidade da assinatura de um advogado. Por outro lado, recomenda-se que advogados ou contadores ajudem seus preparativos. Após enviar todos os documentos à Comissão de Comércio, o empresário receberá um número de identificação da empresa (NIRE). Você usará esse código para registrar sua empresa no Federal Tax Service posteriormente.

O registro é o CNPJ da empresa e é feito pela Internet. Alguns arquivos são necessários e devem ser enviados ao IRS. Após o lançamento, o CNPJ também pode consultar na Internet. Durante o registro, preste atenção às informações sobre o tamanho da empresa. Dependendo das atividades realizadas, os empreendedores podem optar por simplificar o sistema tributário SIMPLES.

  • Estrutura e pessoal.

Depois de concluir a abertura de toda a burocracia na barbearia, o empresário deve considerar a estrutura da empresa e de seus funcionários.

Cada barbearia tem características próprias e deve ser montada de acordo com os serviços e diferenças que serão fornecidos ao público. No entanto, alguns itens são básicos, como cadeiras, espelhos, cadeiras de espera, balcões de recepção etc.

Outros itens não são necessários, mas serviços que deixarão os clientes mais satisfeitos, como máquinas de café, TVs, aparelhos de som etc. Além da segurança das instalações, os empreendedores também devem prestar atenção aos problemas técnicos da estrutura, como iluminação, elétrica, hidráulica e gasodutos. Nesse caso, o ideal é com a ajuda de profissionais.

Em relação ao pessoal, o treinamento também dependerá do tipo de serviço prestado. A situação ideal é ter pelo menos uma recepcionista e dois a três cabeleireiros para atender os clientes. Algumas barbearias fornecem serviços especializados e outros recursos, como bares e áreas de lazer.

Esses serviços podem ser fornecidos por meio de parcerias com outros empreendedores. O proprietário da barbearia pode estabelecer uma parceria com outro empresário interessado em estabelecer um bar e um espaço compartilhado.

Compartilhe!

Deixe uma resposta